quinta-feira, 24 de maio de 2012


Um atendente de fast-food britânico foi condenado a 12 meses de prisão por invadir a conta pessoal de Selena Gomez no Facebook, em janeiro de 2011.
De acordo com o jornal "Daily Mail", Gareth Crosskey, na época com 19 anos, admitiu durante audiência ter hackeado a conta da cantora e ter tentado vender informações sobre o relacionamento de Selena e Justin Bieber para a revista "Ok Magazine" e para o site Hollywood Life.
Gareth escreveu na página de Selena que "Justin Bieber é uma droga" e o post também apareceu no Twitter da cantora gerando uma onda de protestos por parte dos fãs do ídolo teen. Ainda segundo o "Daily Mail", a equipe da cantora levou três dias para recuperar o controle da página no Facebook e um total de £50 mil (R$161 mil) foram gastas na investigação, que envolveu até o FBI.
O juiz John Price deu uma bronca em Gareth: "Você é esperto com seu computador e hackeou a conta do Facebook de uma pessoa. Essa pessoa era uma cantora, uma celebridade chamada Selena Gomez. As pessoas têm direito a privacidade e não deveriam ter seus email expostos. As pessoas têm direito a privacidade, até mesmo aquelas que procuram publicidade."
O advogado de defesa declarou que Gareth sabe que estava errado: "O acusado tinha 19 anos quando tomou tais atitudes, agora ele tem 21. Ele sabe que suas atitudes causaram estresse e preocupação e aceita que elas foram estúpidas."
Selena Gomez no Kids' Choice Awards (Foto: Reuters)Selena Gomez  (Foto: Reuters)Fonte:http://glo.bo/LbfBT8


0 comentários:

Postar um comentário